DIA MUNDIAL DA SAÚDE

Olá amigos e amigas:
DEPUTADO CABO CAMPOS
Nesta quinta-feira (06/04/2017) a partir das 11:00 horas, na Assembléia Legislativa do estado do Maranhão, estará sendo realizada uma SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AO DIA INTERNACIONAL DA SAÚDE.
A proposicão foi uma indicação do Deputado Cabo Campos, que mais uma vez parte na frente arremetendo para uma preocupação com a saúde da sociedade no Estado do Maranhão.
Mais uma vez louvamos publicamente a atitude desse parlamentar que tem atuado de forma brilhante no cumprimento do serviço no qual foi responsabilizado através do voto popular, sendo que são inúmeras as responsabilidades inerente aos que estão de posse do poder que lhes foi confiado.
Já está confirmado a presença de Drª Helena Duailibe – Secretária de Sáude do Município de São Luís, Drº Hamilton Raposo – Médico Psiquiatra, dentre outras autoridades médicas de nosso estado. 
 
DEPRESSÃO
 
 
“É tema de campanha da OMS para Dia Mundial da Saúde de 2017. Para o Dia Mundial da Saúde de 2017, lembrado em 7 de abril, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida.
Para o Dia Mundial da Saúde de 2017, lembrado em 7 de abril, a Organização Mundial da Saúde (OMS) deu início a uma campanha sobre depressão, transtorno que pode afetar pessoas de qualquer idade em qualquer etapa da vida.
 
O DIA MUNDIAL DA SAÚDE
 
É comemorado em 07 de abril porque essa data coincide com a data de criação da Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1948. O objetivo dessa comemoração é conscientizar a população a respeito da importância de manter o corpo e a mente saudáveis e também falar de alguns problemas de saúde que atingem a população mundial, alertando sobre os riscos e ensinando sobre a prevenção.
A cada ano um tema relacionado com a saúde é escolhido e abordado ao redor do mundo por meio de campanhas de conscientização. No ano de 2015, por exemplo, o tema escolhido pela Organização Mundial da Saúde foi “Segurança alimentar, do campo à mesa”, um tema que enfoca a necessidade de todos terem acesso a alimentos de qualidade, em quantidade adequada e de modo permanente.
Outros temas já trabalhados no Dia Mundial da Saúde foram doenças transmitidas por vetores (2014), hipertensão (2013), envelhecimento saudável (2012) etc. Em 2016, o tema abordado é diabetes, uma doença que apresenta grande crescimento na população mundial, principalmente em países de baixa e média renda.
 Segundo a OMS, o que é saúde?
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde, saúde pode ser definida como “um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não consiste apenas na ausência de doença ou de enfermidade”. Isso quer dizer que uma pessoa saudável não é apenas aquela que não apresenta doença, mas, sim, aquela que está bem consigo mesma e também apresenta uma boa relação com a sociedade.
O conceito de saúde da OMS é bastante criticado por alguns estudiosos, pois é um padrão bastante difícil de ser alcançado. É por isso que alguns autores consideram um indivíduo saudável simplesmente quando ele não apresenta doenças. Entretanto, é bastante complicado considerar uma pessoa como saudável se ela não apresenta qualidade de vida e não vive em um ambiente harmonioso.
 Constituição Federal de 1988 e a saúde
 
Independentemente se saúde diz respeito à ausência de doença ou a um estado de completo bem-estar, ter saúde é um direito de todo cidadão, e o Estado deve garantir que todos tenham acesso a serviços de promoção, prevenção e recuperação da saúde. Segundo o Art. 196 da Constituição Federal de 1988, “a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.”
Vale lembrar que garantir a saúde não é apenas investir em hospitais e oferecer medicamentos para os doentes. Investir em saúde é garantir saneamento básico para todos, é levar educação de qualidade para que todos possam estar informados a respeito dos riscos de determinadas ações e a forma de prevenir doenças, é garantir alimentação de qualidade e, principalmente, promover qualidade de vida.”

Fonte: http://www.pelavidasemdrogas.com/2017/04/dia-mundial-da-saude.html?m=1

This article was written by Prof. Tomé Mota

Paulistano. Técnico em Eletrônica Rádio e TV pelo Instituto Universal Brasileiro, Blogueiro. Bacharel em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul - SP. Pós-Graduando em Direito do Consumidor e Docência do Nível Superior. Professor de Direito. Advogado inscrito na OAB/SP e OAB/MA. Foi Vice-Presidente da Comissão de Prerrogativas OAB Subseção Codó/MA pelo triênio 2010/2012. Foi Presidente das Comissões de Assessoria de Comunicação e Defesa do Consumidor, Foi Membro da Comissão de Direitos Humanos, Foi Vice-Presidente da Comissão de Combate a Corrupção Eleitoral e Foi Procurador da OAB Subseção de Codó/MA Triênio 2013/2015. - Foi Membro da Comissão Estadual da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB SECCIONAL DO MARANHÃO triênio 2013/2015. - Vice-presidente da Comissão de PJE(Processo Judicial Eletrônico) do Conselho Subseccional da OAB/MA - Codó (Triênio 2016/2018). - Presidente da Comissão de Assessoria de Comunicação do Conselho Subseccional da OAB/MA - Codó (Triênio 2016/2018). - Exerceu a Presidência da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Conselho Subseccional da OAB/MA - Codó (2016). - Exerceu o cargo de Coordenador do Posto Avançado do PROCON/MA em Codó (Coordenação de Fiscalização). - Reconduzido a Presidência da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB Subseção Codó/MA (Triênio 2016/2018). - Eleito Conselheiro Titular de Política sobre Drogas pela OAB do Município de Codó/MA (Sociedade civil organizada). - Sócio Efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Codó/MA - IHGCodó - Associado Brasilcon. - Membro da Comissão Nacional de Professores de Direito do Consumidor do Instituto BRASILCON - Reconduzido e atual Coordenador do PROCON MA em Codó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *