Mais de 60% dos municípios maranhenses inscritos no Selo UNICEF estão desenvolvendo ações que ampliam a vacinação pentavalente em crianças na primeira infância

3_94d43e327d9303539cb1e2aac7032668_mAs ações fazem parte do Selo UNICEF Município Aprovado que vai realizar, entre os meses de abril e maio, o 4º Ciclo de Capacitações para os municípios.

São Luís, 02 de maio de 2016 – Dos 100 municípios do Maranhão que continuam no projeto Selo UNICEF, 62,5% estão trabalhando com ações para ampliar o número de crianças vacinadas com a pentavalente. Também 62% deles escolheu promover estratégias que aumentem o número de consultas de pré-natal para mais de 7 e decidiram aumentar quantidade de crianças, que estão na escola, recebendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

O planejamento e realização de políticas públicas voltadas à solução desses problemas já são resultados provocados pelo projeto Selo UNICEF, iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), que propõe uma metodologia aos municípios da Amazônia de mobilização, gestão e resultados reais e positivos na vida das crianças e adolescentes.

Essas ações estão sendo desenvolvidas pelos municípios desde 2013, quando foram promovidos vários ciclos de capacitação com gestores, técnicos e conselheiros municipais, atividades de mobilização e participação social e monitoramento permanente dos indicadores relacionados à infância e adolescência.

A atividade final proposta pelo Selo é a realização do 2º Fórum Comunitário, a ser realizado entre maio e julho pelos municípios participantes. Durante o 1º Fórum, etapa obrigatória, ocorrido no primeiro ano de realização da atual edição do Selo, mais de 50 mil pessoas participaram, em cerca de 500 municípios. Durante este Fórum, a comunidade tinha a oportunidade de conhecer o Selo e opinar sobre as políticas voltadas para a infância.

No 2º Fórum, a gestão municipal e o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), deverão apresentar, com base no plano de ação produzido a partir do 1º Fórum, os resultados das ações desenvolvidas e, novamente, a comunidade poderá opinar sobre os avanços ocorridos no município.

images_cms-image-000003274A realização do Fórum Comunitário, as políticas para a infância em cada estado e o combate ao mosquito Aedes Aegypti serão os principais temas abordados no 4º ciclo de capacitações do Selo UNICEF, que será promovido entre os meses de abril e maio nos nove estados da Amazônia.

IV Ciclo de Capacitações –No Maranhão, será nos dias 3 e 4 de maio, no auditório do Tribunal Regional Eleitoral (Avenida Senador Vitorino Freire – Areinha).

Durante os dias de capacitação, os articuladores municipais e presidentes dos conselhos municipais de direitos da criança e do adolescente também discutirão sobre a importância de prevenção do zika vírus e combate ao Aedes aegypti.

Eles poderão ainda tirar dúvidas sobre o Sistema de Monitoramento, Orientação e Acompanhamento (SOMA) e sobre o curso de aperfeiçoamento de Planejamento e Gestão do Plano Municipal de Ação do projeto Selo UNICEF.

Sobre o Selo UNICEF – O Selo UNICEF Município Aprovado busca estimular e reconhecer mudanças concretas e positivas na vida dos meninos e meninas nos municípios da região. A iniciativa é realizada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), em parceria com os governos estaduais, a Escola de Formação de Governantes do Maranhão (EFG-MA), e o Instituto Peabiru, com o apoio da Cemar, Celpa, Celtins e Laboratório Aché.

Mais informações:

Ida Pietricovsky de Oliveira – UNICEF

ipoliveira@unicef.org

www.seloamazonia.org.br

www.unicef.org.br

Michelle Franco – Instituto Peabiru

 

This article was written by Prof. Tomé Mota

Paulistano. Técnico em Eletrônica Rádio e TV pelo Instituto Universal Brasileiro, Blogueiro. Bacharel em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul - SP. Pós-Graduando em Direito do Consumidor e Docência do Nível Superior. Professor de Direito. Advogado inscrito na OAB/SP e OAB/MA. Foi Vice-Presidente da Comissão de Prerrogativas OAB Subseção Codó/MA pelo triênio 2010/2012. Foi Presidente das Comissões de Assessoria de Comunicação e Defesa do Consumidor, Foi Membro da Comissão de Direitos Humanos, Foi Vice-Presidente da Comissão de Combate a Corrupção Eleitoral e Foi Procurador da OAB Subseção de Codó/MA Triênio 2013/2015. - Foi Membro da Comissão Estadual da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB SECCIONAL DO MARANHÃO triênio 2013/2015. - Vice-presidente da Comissão de PJE(Processo Judicial Eletrônico) do Conselho Subseccional da OAB/MA - Codó (Triênio 2016/2018). - Presidente da Comissão de Assessoria de Comunicação do Conselho Subseccional da OAB/MA - Codó (Triênio 2016/2018). - Exerceu a Presidência da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Conselho Subseccional da OAB/MA - Codó (2016). - Exerceu o cargo de Coordenador do Posto Avançado do PROCON/MA em Codó (Coordenação de Fiscalização). - Reconduzido a Presidência da Comissão de Defesa do Consumidor da OAB Subseção Codó/MA (Triênio 2016/2018). - Eleito Conselheiro Titular de Política sobre Drogas pela OAB do Município de Codó/MA (Sociedade civil organizada). - Sócio Efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Codó/MA - IHGCodó - Associado Brasilcon. - Membro da Comissão Nacional de Professores de Direito do Consumidor do Instituto BRASILCON - Reconduzido e atual Coordenador do PROCON MA em Codó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *