POLÊMICA DO LIXÃO: Será que os vereadores vão se retratar com Ferdinando Rocha?

Em tom de revolta por ter sido chamado de DESINFORMADO na Câmara e ameaçado de processo, o secretário do Meio Ambiente, Ferdinando Rocha, concedeu uma entrevista sem temor ao radialista e jornalista Alberto Barros, da FCFM, na semana passada, após discursos polêmicos e infundados de vários vereadores no caso do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos que, simplesmente, tomou ‘doriu’ da Câmara em agosto de 2012.
A votação do plano, é o primeiro passo para que o lixão possa ser transformado em aterro sanitário.
Os vereadores se atrapalharam, desceram o ‘cacete’ nas costas de Ferdinando e depois caíram do cavalo após a revelação do sumiço do documento, naquela mesma sessão revelação feita por Pastor Max.
“Na verdade eu disse, pastor Max eu tenho documento que prova o protocolo onde a secretaria entregou o documento na Casa, na institutição, na Câmara Municipal em agosto de 2012…E ESSE PROJETO, É VERDADE QUE ELE SUMIU, SECRETÁRIO? Na verdade, Alberto, o protocolo existe, se a Câmara não sabe onde se encontra, já não é problema nosso, secretaria. Não é problema meu como secretário”

Nós entregamos, justamente, pra cumprir o prazo.Pra que a gente não sofresse as penalidades (…) na verdade a gente sabe que a instituição, Câmara, ela fica, vereador entra, vereador sai. Se vereador saiu e perdeu o plano, se vereador entrou não teve acesso, isso não é problema nosso. O documento foi entregue na instituição, foi protocolado, o pastor Max mostrou o documento que foi enviado por nós na Câmara, eu tenho cópia disso, ainda bem que a gente teve a preocupação de guardar isso porque senão a gente estaria, realmente, passando por desinformado

AOS TRÊS
Ferdinando fez referências à 3 vereadores, sem citar seus respectivos nomes, mas os identificou por suas falas de ameaça de processo e chamamento de desinformado. Ao primeiro, mandou se inteirar dos assuntos da Casa, antes de abrir a boca.
Eu queria me dirigir aos três vereadores que me ameaçaram de processo. Primeiro um que não era vereador no momento, então ele tem que tomar cuidado com o que fala, principalmente no momento em que ele não era vereador. Procurar se inteirar primeiro do que acontece na Casa, se existe ou não documento pra depois me acusar ou se sentir ofendido, não citei nome dele, citei a instituição porque ela é permanente”, disse  
“LEIS PASSARAM POR MINHA PESSOA”
Ao segundo informou que todas as leis ambientais, hoje existentes, passaram, antes de ir a plenário por ele, Ferdinando.

Segundo outro vereador e amigo meu que tomou parte me chamando de desinformado e ameaçando de processo. Pra começar, desinformado é um adjetivo que não cabe à minha pessoa, talvez que seja um dos poucos secretários do governo Zito Rolim que a formação condiz com a pasta que ele fica a frente. Outra, não sou desinformado porque todas as leis ambientais hoje existentes no município, passaram por minha pessoa. Não legislo porque não sou vereador, nem sanciono porque não sou prefeito, do Executivo, mas todas as leis ambientais do município de Codó, de 2009, passou por minha pessoa, então informação sobre o que existe lá, ambientalmente, eu tenho de sobra, então não sou desinformado. Desinformado talvez fossem eles que não souberam distinguir o que é um PLANO DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS de uma lei que trata sobre resíduos sólidos, é completamente diferente. Eu falei de plano, não falei de lei, eu também tenho cópia das leis aqui

“MARIA VAI COM AS OUTRAS”
Ao terceiro referiu-se como Maria vai com as outras, termo popular dirigido à quem, comumente, se deixa levar pelos outros sem ter, real, conhecimento do que acontece ou acontecerá.
Ferdinando também afirmou que não do que se retratar.
“Terceiro, vereador que acaba sem ‘Maria vai com as outras’ apoiando um documento que seria enviado da Câmara pedindo retratação da Secretaria de Meio Ambiente, do secretário, no caso, para os vereadores. Eu queria dizer que eu não tenho que me retratar nada, não tenho que me retratar nada e a lei ela existe pra mim e pra os outros”.
“Na verdade, eu estou sendo um pouco mais éticos em não citar nome de nenhum dos vereadores aqui”, concluiu
E HOJE?
Os vereadores hoje têm a chance de se retratarem com o secretário Ferdinando Rocha, está provado que alguém está mesmo desinformado a respeito do Plano Municipal de Gestão de Resíduos Sólidos.
E este alguém, pelo que se depreende dos fatos, não é o secretário, muito menos este blog que também foi ameaçado de processo por levantar a questão.
Estamos aguardando a humildade dos que, verdadeiramente, erraram.

Blog do Acélio

EU conheço os Meus Direitos. E VOCÊ conhece os Seus?