Procon-MA adverte estabelecimentos por cobrança irregular de entrada

O Procon-MA suspendeu a cobrança de entrada nos estabelecimentos Viveiro Tracoá e Wang Park, ambos situados na estrada de Ribamar. De acordo com Duarte Júnior, diretor do orgão, os locais não tem alvará para que seja feita a cobrança.

O caso ganhou grande repercussão nos últimos dias nas redes sociais. Inúmeras pessoas tem reclamado da cobrança e, especialmente pelo fato de não ser emitida a nota fiscal. Com a vistoria desse sábado (23), o orgão de proteção do consumidor espera que os empresários responsáveis pelos lugares regularizem a situação.
Veja o comunicado oficial do Procon-MA sobre o caso:  
Hoje, com base na Lei nº 8846/94 e no Decreto nº 2181/97, suspendemos temporariamente a cobrança no Viveiro Tracoá e no WangPark, pois ambos não possuem alvará para esta finalidade e não emitem nota fiscal. Desta forma, ficou determinado que os estabelecimentos em referência não poderão cobrar pelo acesso dos seus consumidores enquanto as atividades não forem regularizadas junto à SEMFAZ.
EU conheço os Meus Direitos. E VOCÊ conhece os Seus?